fbpx
sequelas do pós-covid

Sequelas do pós-Covid: entenda o que são e como se manifestam

A pandemia do novo coronavírus mudou completamente a nossa realidade. Apesar do avanço na vacinação, é necessário manter certos cuidados durante o dia a dia. Ainda mais quando consideramos as sequelas do pós-Covid, apresentadas por diversos indivíduos.

Ao longo desse período de pandemia, os cientistas avançaram os estudos ligados à Covid-19. Assim, foi possível perceber como o vírus atua no organismo dos infectados. O objetivo é buscar conhecimento sobre pessoas que, mesmo curadas da infecção, manifestam sequelas.

Portanto, é muito importante entender as peculiaridades do quadro pós-infeccioso. Neste conteúdo, você conhecerá as consequências mais comuns de pessoas que passaram pela doença. Logo, continue conosco e tenha uma boa leitura!

O que causa as sequelas do pós-Covid?

Mesmo depois da cura, as sequelas do pós-Covid podem prejudicar a saúde das pessoas. Isso porque o corpo infectado produz citocinas em grandes quantidades para combater o vírus. Contudo, essas substâncias inflamatórias podem se acumular em órgãos e sistemas, gerando uma inflamação do organismo.

Nesses casos, o recomendado é consultar um médico e iniciar um tratamento adequado ao seu quadro. Ademais, mesmo quem teve sintomas leves, deve tomar cuidado. Principalmente aqueles indivíduos que já apresentam algum problema de saúde preexistente.

Quais são as principais sequelas do pós-Covid?

Em cada pessoa, o novo coronavírus se manifesta de maneiras diferentes. Sobretudo, alguns infectados conseguem se recuperar rapidamente. Entretanto, outros apresentam uma grande dificuldade para respirar e precisam ser entubados. Contudo, mesmo após a cura, todos podem apresentar sequelas do pós-Covid. Então, confira abaixo algumas delas:

Queda de cabelo

Resumidamente, o sistema dermatológico costuma manifestar as sequelas do pós-Covid. Além da perda de cabelo acentuada, o indivíduo pode apresentar dermatites ou inchaço na pele. Dito isso, é muito importante procurar ajuda de um profissional para tratar os sintomas.

Perda de massa muscular

Em suma, infectados precisam se isolar. Assim, ao passar muito tempo em repouso, seja em casa ou no hospital, o paciente perde massa muscular. Nesse caso, é interessante focar em uma dieta rica em vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo. Além disso, exercícios de reabilitação podem ser indicados pelo profissional.

Tromboses

Há também sequelas do pós-Covid no sistema neurológico. Como muitos pacientes internados perdem massa muscular e sofrem com má circulação sanguínea, isso pode resultar em tromboses e acidente vascular cerebral.

Dificuldades respiratórias

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 19% a 35% dos casos de infectados pela Covid-19 apresentam dificuldade respiratória. Alguns, mesmo após a cura, podem apresentar uma má circulação sanguínea e outras dificuldades ligadas ao sistema respiratório. Em todo caso, é essencial procurar ajuda médica.

Qual é a importância da vacinação e da prevenção?

A imunização contra a Covid-19 já está ocorrendo em todo o país. Cada estado segue um calendário que contempla determinados grupos. Nesse caso, é interessante buscar informações nos canais oficiais da prefeitura da sua cidade. A vacinação é fundamental para garantir proteção e diminuir as chances de desenvolver os casos graves da doença e possíveis sequelas.

Além disso, para frear a transmissão da doença e evitar novos pacientes com a síndrome pós-Covid, é importante manter as medidas de prevenção. Logo, não se esqueça de continuar usando máscaras, álcool em gel e prosseguir com o distanciamento social.

Neste artigo, você conheceu as sequelas do pós-Covid e como elas se manifestam. Portanto, caso esteja apresentando algumas delas, procure um médico para fazer um acompanhamento e iniciar o melhor tratamento para o seu caso. É essencial investir na sua saúde e valorizar a sua qualidade de vida.

Quer saber como fortalecer o sistema imunológico? Então, continue conosco e conheça alguns cuidados para manter a imunidade alta!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.