fbpx
saúde mental

Janeiro branco: entenda a importância prevenir o adoecimento emocional e manter a saúde mental

Aproveitando o início do ano, muitas pessoas fazem inúmeros planejamentos. Isso é uma prática saudável que auxilia na saúde mental. Elas ficam focadas em resoluções e metas que poderão trazer mudanças para suas vidas. Valendo-se desse período de transformação, foi criada a campanha de conscientização do Janeiro Branco, que você entenderá melhor ao longo deste texto.

Ela segue os mesmos moldes do Outubro Rosa, Novembro Azul, Setembro Amarelo etc., porém, seu objetivo é promover a saúde emocional das pessoas. Por isso, é essencial que também seja levada para dentro das empresas, por meio de ações direcionadas ao bem-estar psicológico dos profissionais.

Sendo assim, entenda em detalhes como nasceu a campanha, quais são as dicas para uma vida mais tranquila e a diferença entre saúde mental e emocional. Vamos lá conhecer um pouco de cada um?

Por que em janeiro as pessoas estão mais focadas em mudar suas vidas?

O começo de um ano significa para as pessoas escreverem outra história de suas vidas, ou mesmo, melhorar aquelas já existentes. Entre dezembro e janeiro, elas têm momentos de reflexão, avaliando o que foi positivo e negativo. Diante de suas conclusões, planejam novas atitudes, comportamentos, estilos de vida, concretizar algo que não aconteceu, entre outros. É como se tivessem a possibilidade de ter uma folha em branco para escrever uma nova biografia.

Pensando nesse período de outras chances, foi instituída a campanha do Janeiro Branco, em Minas Gerais, por um grupo de psicólogos que perceberam a importância de abordar sobre saúde mental e emocional mais profundamente na sociedade. Sem fins lucrativos, ela conta com a participação de profissionais que levam o conceito e a conscientização do assunto para empresas, instituições públicas, privadas e municípios.

Dessa maneira, a campanha objetiva chamar a atenção da imprensa, órgãos públicos e privados quanto à relevância da promoção da saúde mental. Seu intuito é evitar o adoecimento psicológico. Nela, diponibilizam-se palestras, debates e outras atividades para esclarecer a população sobre visar a conquista da transformação interior.

Qual é a importância de estar em dia com o nosso cérebro?

Conhece aquela frase “mente sã, corpo são”? Ela não é um clichê, pelo contrário, tem muito significado. Geralmente, o corpo adoece pelos problemas psicológicos que impactam a saúde física. Visto que nem sempre a pessoa tem autonomia sobre os acontecimentos da sua vida, mas pode escolher como se comportar diante deles.

Esse é um dos segredos para uma boa saúde mental e emocional. Pois, ao instigar o cérebro a tomar boas decisões, deverá ter uma postura mais positiva. Para auxiliar nisso, adote hábitos saudáveis, como exercícios físicos, atividades de lazer, hobbies e gerenciamento do tempo, assim, você prevenirá sentimentos ruins e doenças. Portanto, planeje as ações em prol de sua saúde mental. É importante que todos tenham um corpo saudável e que se sintam felizes e motivados.

Qual é o conceito ampliado de saúde mental e saúde emocional?

Para encontrar o seu estado de equilíbrio, é necessário equiparar a saúde mental e emocional. Todavia, você sabe a diferença entre elas? Pois, bem! Continue a leitura para entender.

Saúde emocional

Os pensamentos estão relacionados às emoções. Logo, influenciam os comportamentos das pessoas, fazendo-as oscilarem entre polos divergentes, como alegria e tristeza. Dessa maneira, é fundamental saber lidar com seus sentimentos para se relacionar e compreender as outras pessoas. Na verdade, a saúde emocional está relacionada à percepção da pessoa consigo mesma. Aqui, entra a autoestima e a manutenção do equilíbrio dos sentimentos e, consequentemente, ações ponderadas e relacionamentos saudáveis.

Saúde mental

Já a saúde mental é um estado de bem-estar do ser humano quando ele percebe suas habilidades, lida com o estresse da vida, trabalha de forma produtiva e contribui para sua comunidade. Ela está ligada a reações químicas, transtornos e sintomas desenvolvidos pelas partes fisiológicas. Aliás, recebe influência genética e hereditária. Melhor dizendo, é o equilíbrio do organismo com o mundo externo. Quando isso se desalinha, o indivíduo adoece.

Portanto, toda pessoa está sujeita ao estresse, tristeza, dificuldades nas relações e desânimo. No entanto, é essencial buscar uma saúde mental seguindo as dicas desse post, como fazer terapia, que ajuda a ter sentimentos melhores e a descobrir como lidar com seus problemas.

O post foi importante para você? Ajude mais pessoas compartilhando-o nas suas redes sociais.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.