fbpx
Retomada nas atividades

Retomada das atividades: como manter a segurança neste momento de flexibilização da pandemia

Como sabemos, a pandemia da Covid-19 fez com que a maioria das pessoas aderisse ao isolamento social. Afinal, era necessário reduzir as possibilidades de contaminação pelo novo coronavírus. No entanto, com o avanço das vacinações, os brasileiros estão em meio à retomada das atividades presenciais.

Segundo a Our World In Data, cerca de 58% da população brasileira está totalmente vacinada. Ou seja, teremos ainda mais flexibilizações e o retorno de muitos serviços antes proibidos devido ao alto risco de proliferação do vírus. Entretanto, é importante ainda seguir alguns cuidados essenciais.

Ao passo que devemos continuar nosso empenho para que possamos voltar à normalidade. Por isso, continue conosco e conheça algumas boas práticas a serem adotadas neste período de transição. Boa leitura!

A volta aos treinos e ambientes fechados

A princípio, as medidas restritivas adotadas pelos governos de cada município visavam a valorização da saúde de todos. Sendo assim, muitos tiveram que adaptar a rotina em casa. Com isso, o home office recebeu maior destaque na busca pela continuidade das tarefas corporativas.

Além disso, muitas pessoas passaram a treinar em suas residências por conta do fechamento das academias. Atualmente, elas abriram, mas os protocolos de segurança seguem sem alterações. Além do uso de álcool em gel, máscaras e distanciamento social ainda devem prevalecer no cuidado diário.

Também há a preferência em se exercitar em lugares abertos e com uma boa ventilação, pois em ambientes fechados o risco ainda é alto. Nesses casos, é necessário usar a máscara PFF2 ou N95, consideradas as grandes protetoras das vias respiratórias.

No entanto, se você for fazer uma caminhada ou passar poucas horas fora do lar, prefira máscaras cirúrgicas descartáveis e com tripla camada. Caso seja atleta ou pratique esportes de maneira recorrente, há máscaras, hoje em dia, especialmente desenvolvidas para essa finalidade.

A retomada das atividades de lazer

Assim como precisamos trabalhar, os momentos de descontração também são essenciais. Afinal, o lazer é muito importante e nos ajuda a revigorar. Pensando nisso, teatros, casas de shows, bares e demais estabelecimentos já passam pela retomada das atividades presenciais.

Dessa forma, as pessoas podem ter mais opções de diversão, porém, os cuidados precisam continuar. Como dissemos, lugares fechados representam um alto risco de contaminação. Logo, prefira ambientes abertos e com uma boa circulação de ar.

Até mesmo em ocasiões festivas essas medidas precisam prevalecer, já que pessoas com imunização completa ainda podem transmitir o vírus e contaminar públicos que ainda não receberam a vacina contra a Covid-19.

A vacinação e a retomada das atividades

Felizmente, algumas cidades já não apresentam mais mortes diárias. Desse modo, a flexibilização pela retomada das atividades aumenta e, gradualmente, chegaremos ao fim deste período. Contudo, todos devem se vacinar com a primeira e segunda dose ou dose única.

Já a dose de reforço está disponível para alguns públicos após 4 ou 6 meses da data da segunda, a depender da região. Em todo caso, é interessante que todos fiquem atentos e se informem com a prefeitura da cidade para garantir a segurança e preservar a saúde.

Os riscos de contaminação em ambientes abertos e fechados

Pesquisadores da Universidade de Oxford e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts criaram uma tabela para avaliar a exposição das pessoas em ambientes sociais com e sem máscaras em diversas condições. Foram consideradas características do local para determinar o risco de contaminação, como:

  • distanciamento;
  • ocupação;
  • local aberto ou fechado;
  • ventilação;
  • tempo de permanência;
  • pessoas em silêncio, falando ou gritando.

Desse modo, foi constatado que pessoas sem máscara tinham risco moderado em ambientes fechados durante uma conversa social curta e mesmo em local com baixa ocupação. O contrário ocorre com quem usa a máscara. No entanto, quando local é fechado, tem alta ocupação e pouca ventilação, o risco aumenta para todos. Por isso, não deixe de usar a máscara em espaços fechados ou com aglomeração, mesmo que abertos.

Para finalizar, lembre-se de que a retomada das atividades só é possível por conta do avanço da vacinação. Por isso, garanta a sua imunização e incentive outras pessoas a fazerem o mesmo. Assim, vamos evitar o surgimento de novas variantes e concretizar o desejo desta pandemia, de fato, chegar ao fim.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com sua rede de amigos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.