fbpx
por que comemos mais no inverno

Você costuma sentir mais fome no inverno? Entenda por que isso acontece

Provavelmente você já teve a percepção de que nos dias frios de inverno, o apetite é maior do que em outros períodos do ano. Com isso, aumenta também a vontade de consumir alimentos mais calóricos, como chocolates, queijos e massas, ao invés de uma tradicional salada. Mas você sabe por que comemos mais no inverno?

Existe uma explicação científica para esse aumento repentino de apetite. Inegavelmente, o desejo por alimentos gordurosos no inverno pode resultar em prejuízos para a saúde, e ser um desafio para quem busca manter uma alimentação equilibrada.

Então, quer saber por que nos dias mais frios temos a tendência a comer mais? Continue a leitura!

Por que comemos mais no inverno?

O aumento de apetite no inverno pode ser explicado pelo fato de que, por causa do frio, o nosso organismo precisa se esforçar e gastar mais energia para produzir calor e manter a temperatura corporal estável.

Em pesquisa da Transactions of the American Clinical and Climatological Association, realizada em 2009, foi verificado que, para aumentar a temperatura do corpo, a taxa metabólica cresce de 10 a 13%.

Dessa forma, precisa haver uma reposição dessas calorias gastas, o que acontece pela alimentação. A vontade de alimentos gordurosos é maior porque eles são capazes de produzir uma quantidade superior de calor. Isso ocorre porque possuem um tempo de digestão mais longo.

Além disso, é comum que, durante o inverno, aconteça uma redução na produção de serotonina. Como o neurotransmissor é responsável pela promoção da sensação de bem-estar, essa diminuição causa melancolia. Dessa forma, acabam compensando o desânimo com a ingestão de alimentos calóricos, principalmente doces e frituras.

Consequências da má alimentação no inverno

Apesar de a reposição de energias ser necessária durante o inverno, o exagero em refeições e o consumo frequente de alimentos ricos em gorduras e açúcar, pode gerar muitas consequências negativas.

Além do ganho de peso indesejado, existem vários problemas de saúde que podem ser associados a esse consumo inadequado, tais como aumento do colesterol e dos níveis de glicose no sangue. Em casos graves, esses quadros podem evoluir para doenças cardíacas e diabetes.

Dicas para ajudar no controle da alimentação

Para evitar esses problemas que a má alimentação pode acarretar, é importante tentar controlar a ingestão de alimentos calóricos durante o inverno. Seguem algumas dicas que podem ajudar nesse processo:

  • Para consumir verduras e legumes com mais facilidade, aposte em sopas, caldos e cozidos. Mas evite a adição de elementos gordurosos como queijo e creme de leite;
  • Frutas também podem ser cozidas para parecerem mais apetitosas no frio;
  • Faça a substituição de alimentos por opções menos gordurosas. No caso de chocolates, por exemplo, dê preferência aos amargos em relação aos tradicionais ao leite. O queijo amarelo também pode ser trocado pelo branco;
  • Quando estiver precisando de uma bebida quente, opte pelo chá ao invés do chocolate quente. Existem diversos sabores sem açúcar que vão esquentar você da mesma forma, com muito menos calorias.

Por fim, vale ressaltar que não é necessário se privar e deixar de comer alimentos que você gosta. O importante é fazer isso de forma esporádica, evitando exageros e prezando pelo equilíbrio. Ademais, não se esqueça dos exercícios físicos, para gastar as calorias extras. Para começar, aposte em caminhadas leves.

Então, gostou de saber por que comemos mais no inverno? Clique aqui para conhecer mais sobre as consequências da má alimentação.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.