fbpx
o que é melatonina

Você sabe o que é melatonina? Descubra seus benefícios

Para muita gente, dormir bem pode até ser considerado um luxo. Afinal, uma boa noite de sono resulta em mais energia e ânimo para o dia seguinte. Sobretudo, ter uma uma noite tranquila ajuda na manutenção da saúde. Mas, você sabia que existe o hormônio do sono? Isso mesmo! Neste artigo, você vai saber o que é melatonina e como essa substância atua na qualidade do seu descanso.

Muitos fatores do nosso emocional e físico, dependem de uma noite tranquila e reparadora. Até mesmo o processo de emagrecimento, pode ser influenciado por noites mal dormidas. A privação do sono, pode, inclusive, causar danos cerebrais e várias doenças.

Continue a leitura para entender melhor! 

O QUE É MELATONINA?

Para induzir o sono, o organismo humano produz um hormônio chamado melatonina. Então, basicamente, essa substância é conhecida como o hormônio da noite. Ademais, ela é uma das substâncias mais primitivas que se conhece e está presente em todos os seres vivos. Dessa forma, é liberada no momento do repouso para promover o sono.

Ao se perguntar o que é melatonina, também surge a dúvida de como ela age. Influenciada pela diminuição da luz natural, o hormônio atinge seu pico alto algumas horas após o início da sua liberação. Apesar do corpo produzi-la, eventualmente, pode ser necessária a sua suplementação. No Brasil, ela é feita nas farmácias de manipulação.

BENEFÍCIOS DA MELATONINA

Extraída de animais ou sintetizada, a melatonina tem funções que vão além de regular o sono. Ela também é um potente antioxidante, ou seja, combate os radicais livres que degradam as células. Da mesma forma atua a melatonina sintética, produzida em laboratório. 

Sendo assim, a melatonina como suplemento, beneficia quem deseja ter um sono de qualidade. Seja para regular as horas de sono ou combater a insônia, sendo este último no intuito de induzir o sono. Destacamos que por isso, ela não é adequada para outros tipos de insônia. Adotar alguns bons hábitos antes de dormir também ajuda a ter um sono mais contínuo.

Outra indicação comum, é para amenizar os efeitos de jet lag, quando o fuso horário das viagens desregula o sono.

Por último, podemos citar a participação da melatonina no sistema imunológico. Estudos comprovaram a sua atuação na prevenção do câncer, assim como é utilizada no próprio tratamento da doença. 

FATORES QUE PODEM INTERFERIR NO SONO

Existem certas situações que afetam a qualidade do sono. O primeiro exemplo é a idade, quando se está com uma idade mais avançada, a produção de melatonina diminui. Isso acontece devido a uma calcificação da glândula pineal, responsável por secretar o hormônio.

A exposição à luz também é um fator decisivo, a luminosidade emitida por eletrônicos, por exemplo, é capaz de suprimir a secreção da melatonina. Alguns medicamentos também tem ação de inibir a produção da melatonina. Assim como as bebidas também podem interferir na qualidade do sono, como as que contém cafeína e álcool.

SUPLEMENTAÇÃO DE MELATONINA

Depois de conhecer o que é melatonina, fica mais fácil entender porque a suplementação é uma boa opção. No entanto, é preciso ter uma prescrição médica que indique o uso da substância. Para isso, é necessário obter a indicação de um profissional da saúde, que acompanhará o seu uso.

Dessa forma, a melatonina pode trazer inúmeros benefícios para a saúde, quando usada de maneira correta. No caso de dúvidas, não hesite em consultar seu médico para conhecer melhor e saber se ela é a escolha mais viável para eventuais dificuldades em dormir.

ADVERTÊNCIAS

Como já comentamos, a melatonina sintética é um medicamento. Seu uso deverá feito somente com prescrição médica. Além disso, é contraindicada em casos de gravidez e
aleitamento.

Não utilize a substância concomitante a ansiolíticos, sob o risco de sofrer sonolência excessiva. Não recomenda-se também que se opere máquinas ou equipamentos que exijam alto grau de concentração, após 4 a 5 horas da ingestão da melatonina. Além disso, por ser um estimulante
para o sistema imunológico, a melatonina não é recomendada para os que fazem uso de imunossupressores.

Esperamos que você tenha gostado do assunto de hoje! Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail outros conteúdos relevantes, para sua saúde, beleza e bem-estar.

Referências: Revista Saúde, Minha Vida e MD Saúde

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.