fbpx

Mulher: Saiba porque o óleo de borragem é seu aliado.

O óleo de borragem prensado a frio é uma substância extraída da planta Borago officinalis. Atualmente é a fonte natural mais rica da natureza em ácido gama-linoleico ou GLA (Entre 17 e 25% da sua composição). Veja os benefícios!

1 –  GORDURA E AUMENTO DO PESO

Se você luta para perder peso, uma boa notícia: há evidências de que o GLA do óleo de borragem causa menor acúmulo de gordura corporal em comparação aos óleos vegetais refinados. Segundo os cientistas, a explicação é que as pessoas magras tendem a ter mais gordura marrom do que pessoas obesas (ou com excesso de peso). Sendo assim, esta gordura marrom pode atuar mais como músculo do que com a gordura branca. Nesse caso, o GLA reduziu o acúmulo de gordura corporal através de um aumento dos genes que controlam o crescimento do tecido adiposo marrom em comparação com o crescimento do tecido adiposo branco. Essa foi a conclusão de um estudo realizado pelo Laboratório de Bioquímica Nutricional em Ibaraki, Japão.

2 – ALIVIA OS SINTOMAS DA TPM

Diversas pesquisas sugerem que os alimentos que consumimos e as substâncias específicas que eles incluem são um fator importante no controle da TPM e das dores nas mamas. Os resultados mais surpreendentes foram percebidos com o uso de suplementos alimentares feitos com o óleo de borragem prensado a frio, que é rico em ácido gama-linoleico ou GLA. Depois de absorvido pelo corpo, o GLA é convertido em prostaglandinas e serve para ajudar a regular o sistema imunológico, combater inflamações, aliviar sintomas de doenças autoimunes, doenças de pele, além de minimizar a tensão pré-menstrual, cólicas e outras condições inflamatórias.

Muitas mulheres que começaram a tomar o óleo de borragem disseram ter alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual como a sensibilidade mamária, ansiedade, erupções cutâneas, estresse e cólicas.

Então, se você está entrando na menopausa ou passando por essa fase, experimente inserir o óleo de borragem na sua dieta e compartilhe sua experiência com a gente!

OTIMIZE OS EFEITOS DO ÓLEO DE BORRAGEM!

No caso das mulheres que estão na fase da menopausa, é interessante otimizar ainda mais os efeitos do de óleo de borragem prensado a frio, associando o seu uso a doses de magnésio, vitamina D, e cálcio. Isso irá ajudar a mulher a evitar o risco de osteoporose, que se torna maior nesta fase da vida. Saiba mais:

Magnésio – O magnésio é um potente antiarrítmico e vasodilatador, além de ajudar a segurar o cálcio nos ossos; ele é encontrado nos vegetais, porém, o solo brasileiro é pobre em magnésio, já que este é mais abundante em locais onde há vulcões. A suplementação é uma excelente opção para consumir este importante mineral, sendo que uma das formas mais utilizadas é através do Cloreto de Magnésio PA.

Vitamina D – Já se sabe que a vitamina D é hormônio esteroidal, liberado no corpo ao consumirmos determinados alimentos e é ativado quando tomamos sol. Se você não tem esse hábito, considere tomar um suplemento de vitamina D, mas opte pela vitamina D3 que é de origem animal e é muito mais funcional para o organismo do que a vitamina D2 que é de origem vegetal.

Cálcio – Muito se fala sobre a importância da suplementação com cálcio, mas saiba que ele não deve ser tomado sozinho pois pode calcificar artérias e prejudicar o rim. O cálcio deve ser ingerido junto com a Vitamina D3, que ajuda a absorvê-lo, e junto com o magnésio, ajuda a “segurar” o cálcio nos ossos.

3 – É UM ANTI-INFLAMATÓRIO NATURAL

Por ser um ácido graxo poli-insaturado (PUFA), o GLA encontrado no óleo de borragem prensado a frio, é conhecido por ter um efeito positivo contra a inflamação, na saúde geral e nos mecanismos antienvelhecimento.

Os ômega-3 e 6 (ácidos graxos poli-insaturados) desempenham um papel importante na luta contra esta condição pois ajudam a controlar a liberação de moléculas responsáveis pelas respostas inflamatórias do corpo (algumas sendo prostaglandinas, leucotrienos e citocinas).

Além de controlar as respostas imunes, o GLA tem efeitos positivos sobre a morte celular (apoptose) em células tóxicas. Uma vez que entra no corpo, o GLA é convertido em uma substância chamada ácido dihomo-y-linolênico (DGLA). Isso libera as prostaglandinas e compostos de leucotrienos que o sistema imunológico produz. Além disso, acredita-se que a substância DGLA reduz a inflamação inibindo a síntese de leucotrienos (parcialmente responsáveis por causar reações autoimunes).

4 –  COMBATE ECZEMA E DISTÚRBIOS DA PELE

Um dos usos mais bem pesquisados para o óleo de borragem é para o tratamento de doenças inflamatórias da pele, como o eczema. O GLA (o ácido gama-linolênico) demonstrou corrigir as deficiências nos lipídios da pele causados por baixos níveis de atividade do delta-6-dessaturase. Quando a pele não produz estes óleos protetores em quantidade suficiente, o resultado é um sistema imunológico desregulado, maiores riscos de inflamações e respostas imunes que resultam em problemas de pele, incluindo os típicos do eczema.

5 – AGE COMO ANTIOXIDANTE

O óleo de semente de borragem prensado a frio possui propriedades antimutagênicas e antioxidantes que podem combater o crescimento de células cancerosas. Em estudos laboratoriais, o óleo de borragem reduziu a vida útil das células tóxicas e prolongou a vida útil das células saudáveis.

A suplementação de óleo de borragem é recomendada para proteger o DNA e tratar o câncer naturalmente devido à sua capacidade de diminuir o dano genético oxidativo subjacente (que causa inflamação e desenvolvimento desta doença).

6 – ATUA CONTRA A ARTRITE

O GLA do óleo de borragem prensado a frio pode funcionar como um remédio natural para a dor da artrite reumatoide, especialmente quando usado em combinação com outros analgésicos convencionais ou medicamentos anti-inflamatórios. Há evidências de que algumas pessoas perceberam uma diminuição do inchaço e da dor nas articulações com seis semanas de tratamento regular com o óleo de borragem.

MAS COMO INGERIR O ÓLEO DE BORRAGEM?

Como o corpo não produz este ácido graxo essencial ômega-6, o ideal é ingeri-lo através de suplementos (prensados a frio) ou na alimentação. Na natureza, o ácido gama-linolênico (GLA) do óleo de borragem, está presente em quantidades muito pequenas em algumas plantas comestíveis, como vegetais de folhas verdes e certas nozes.

Cuidados ao adquirir o óleo de borragem

Ao comprar o óleo de borragem é indicado que você conheça o fabricante e opte por produtos certificados para garantir que ele esteja livre de alcaloide pirrolizidínico, uma toxina cancerígena cuja exposição, mesmo que em pequena quantidade, pode causar doenças graves ao fígado.

As folhas e caules da planta de borragem produzem alcaloide pirrolizidínico naturalmente, e por isso, certifique-se da procedência do óleo que você irá adquirir. O tipo de extração mais segura é quando as sementes são prensadas a frio para extrair o óleo.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.