fbpx
dietas restritivas

Você conhece o risco das dietas restritivas? Nós contamos!

Constantemente, pessoas se encontram em um desafio que envolve esforço diário: o emagrecimento. Cada qual com objetivos específicos e hábitos alimentares diferentes. Contudo, alguns deles veem nas dietas restritivas um caminho fácil para atingir esse resultado.

No entanto, é importante lembrar o quanto elas são nocivas. Isso porque se tratam de um meio que não se associa a um emagrecimento saudável. Em suma, esse fator tende a mexer muito com o psicológico dos indivíduos. Ademais, esses tipos de dietas pode gerar sérios problemas de saúde.

Quer saber quais são? Então continue conosco. Nos tópicos abaixo você verá as principais consequências que essa prática traz. Por isso, preste muita atenção e tenha uma boa leitura!

O que são as dietas restritivas?

As dietas restritivas são práticas que inibem os indivíduos de consumirem determinados macronutrientes essenciais. Por exemplo, proteínas, gorduras e demais componentes que promovem o bom funcionamento do organismo.

Popularmente, elas são conhecidas como dieta da lua, do sol, da sopa ou lowcarb. De certa maneira, a pessoa até consegue perder peso em pouco tempo. No entanto, o metabolismo fica comprometido, prejudicando o organismo.

Quais são as principais consequências das dietas restritivas?

A busca pelo corpo perfeito costuma pautar a vida de muitas pessoas. Algumas até desenvolvem transtornos alimentares em busca desse objetivo. Geralmente, as dietas restritivas estão ligadas ao emagrecimento a curto prazo, sem a necessidade de realizar os devidos e edificantes esforços.

Em consequência disso, problemas surgem na rotina de quem opta por tal caminho. A deficiência nutricional, a perda de massa muscular e os problemas hormonais são alguns exemplos. Vale lembrar também das dificuldades em manter o peso e recuperá-lo tão facilmente quanto perdeu: o famoso efeito sanfona. Conheça abaixo outras consequências.

Problemas no corpo

As dietas restritivas provocam o ressecamento da pele. Alguns casos levam o indivíduo a ter unhas fracas e queda de cabelo. Também podem provocar tontura, fraqueza e, no caso das mulheres, a interrupção da menstruação, visto que a carência nutricional deixa o corpo suscetível a um comportamento irregular.

Problemas comportamentais

Em suma, as dietas restritivas mexem com a saúde mental. O indivíduo passa a apresentar dores de cabeça e isso compromete a sua qualidade de sono. Por isso, ele fica sem disposição durante o dia e passa a ter alterações no humor e falta de concentração.

Há casos em que a pessoa apresenta crises de ansiedade, estresse e outros danos psicológicos. Tudo isso devido à diminuição da frequência cardíaca e dificuldades respiratórias. Logo, é possível notar que essa não é uma prática saudável e que, de fato, não traz um resultado benéfico para o corpo.

O que é necessário para começar uma dieta correta?

Primeiramente, é preciso marcar uma consulta com um profissional da área. Nesse momento, ele avaliará as suas características e trará uma solução que se adéque ao seu quadro. Além disso, é interessante praticar exercícios físicos, fator que ajuda na sua longevidade e bem-estar.

Contudo, queremos alertar que seguir a dieta de outra pessoa não é uma boa prática. Afinal, a prescrição é direcionada para nutrientes e vitaminas que cada indivíduo precisa. Por isso, sempre opte por um atendimento personalizado, investimento que colabora para a sua qualidade de vida.

Neste artigo, você aprendeu as desvantagens de seguir as dietas restritivas. De fato, elas em nada contribuem para o emagrecimento saudável. Por isso, é melhor focar nas boas práticas, investir em uma ajuda profissional e prosseguir conforme a prescrição.

Se este conteúdo foi útil para você, que tal compartilhá-lo nas suas redes sociais? Desse modo, mais pessoas podem conhecer os riscos das dietas restritivas e fugir dessa cilada! 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.